Área Restrita

Últimas Notícias

Obrigações do Dia

  • 25/Março/2019
  • DCTF Mensal | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • DCTF - Inativa | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte
  • COFINS
  • PIS/Pasep
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados

Indicadores Econômicos

Moedas - 21/03/2019 16:41:46
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,795
  • 3,796
  • Paralelo
  • 3,800
  • 3,990
  • Turismo
  • 3,780
  • 4,010
  • Euro
  • 4,310
  • 4,312
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,827
  • 3,828
  • Libra
  • 4,974
  • 4,978
  • Ouro
  • 160,000
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

Porque o Gerente de Projetos é o profissional do futuro nas organizações

“Job”, “engagement”, projetos... São palavras que têm surgido com mais frequência nos diálogos das organizações nos últimos anos. Projetos têm começo, meio e fim. São trabalhos pontuais, com produtos e prazos definidos. Esta forma de trabalho tem sido cada vez mais usada pelas empresas, em vez de desenvolver contratos fixos de serviços e equipes amplas para atendimento. Esse novo cenário tem se estabelecido, uma vez que trabalhar desta maneira oferece agilidade, diminui ou otimiza custos, possibilita compartilhar recursos e iniciativas e oferece flexibilidade na gestão dos recursos humanos.

Neste cenário, o Gerente de Projetos surge como um profissional com perfil predominantemente generalista e que ganha cada vez mais espaço no mercado. É ele quem faz a gestão dos profissionais envolvidos no trabalho, atribui tarefas, lidera, analisa estratégias, ajuda no relacionamento das equipes com outras áreas da organização e monitora possíveis riscos do projeto, por exemplo. As perspectivas para a função são positivas: segundo pesquisa internacional do Project Management Institute (PMI) 13 milhões de novas vagas para o cargo, 1,3 milhão só no Brasil, até 2020, sendo o quinto pais a recrutar mais profissionais deste segmento.

De acordo o diretor-presidente da Lens & Minarelli, José Augusto Minarelli, o Gerente de Projetos representa a nova liderança das organizações. "Ele é o líder de diferentes equipes. É ele quem vai viabilizar estratégias, estar atento a possíveis erros de execução, administrar investimentos, engajar equipes e garantir a entrega de resultados pela organização", explica o executivo.

Minarelli lista ainda sete características do perfil do Gerente de Projetos:

1. Líder, "networker" e inspirador

O Gerente de Projetos é essencialmente um líder. Ele é o espelho e guia de seus colaboradores e parceiros e, para garantir que o trabalho seja desenvolvido plenamente em equipe, é preciso ser motivador de pessoas. Para ser um bom líder, precisa conhecer e se relacionar profundamente bem com sua equipe e pares da organização.

2. Assertivo, negociador e comunicativo

"O profissional precisa ter precisão nas suas escolhas, saber os melhores caminhos e atalhos para alcançar resultados mais rapidamente", explica. Deve incentivar a colaboração e troca de experiências. Deve saber “vender seu peixe” e atuar como conselheiro ou mentor, influenciando sua equipe e outros agentes organizacionais, quando necessário.

3. Organizado e solucionador de problemas

Organização é a base de tudo. É a partir daí que tudo é gerado e criado de forma ordenada, sem desencontros e retrabalho. O gerente de projetos é essencialmente um solucionador de problemas. Descobre problemas e age no tempo certo para resolve-los, liderando sua equipe e o projeto no caminho do sucesso.

4. Estratégico

Para Minarelli, o Gerente de Projetos necessita ter visão de negócio e de mercado para, desta forma, trabalhar com as melhores ferramentas e ações que garantam a entrega dos resultados.

5. Flexível e persistente

"Não só na vida corporativa como um todo, mas em projetos específicos e urgentes pedem uma visão flexível, afinal, qualquer processo pode sofrer um atraso ou depender de terceiros para ser concluído", diz.

6. Planejador

"Nada é feito concretamente sem planejamento. Contar com etapas, prazos e delegações de atividades é um passo crucial para o sucesso do trabalho", conclui.

O profissional que pretende seguir a carreira de Gerente de Projetos pode conquistar uma sequência de oito certificações oferecidas pela associação internacional PMI. Os rendimentos mensais podem ir de R$ 12 mil a R$ 26 mil, segundo o Guia Salarial 2016 da Hays.

7. Gerente de  sua própria carreira e empregabilidade

Como projetos possuem começo meio e fim, o Gerente de Projetos precisa estar preparado para as transições pelas quais sua carreira irá passar. Precisa acompanhar sua carreira e de sua equipe, assim como faz com os seus projetos.

Aprofundando o tema, José Augusto Minarelli ministrou palestra no último dia 30 de agosto, durante 15º Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos a palestra "Como cuidar da carreira e enfrentar as transições profissionais", para auxiliar os profissionais a garantirem empregabilidade durante toda a trajetória de carreira.

Fonte: administradores.com.br

Site desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)
AFS Escritório Contábil Ltda
Rua Miguel Couto, 35 - Grupos 503 - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20070 030
Fone: 21 2233 0354 | 21 2516 0792