Área Restrita

Últimas Notícias

Obrigações do Dia

  • 25/Março/2019
  • DCTF Mensal | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • DCTF - Inativa | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte
  • COFINS
  • PIS/Pasep
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados

Indicadores Econômicos

Moedas - 25/03/2019 16:48:29
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,858
  • 3,859
  • Paralelo
  • 3,850
  • 4,060
  • Turismo
  • 3,700
  • 4,010
  • Euro
  • 4,363
  • 4,366
  • Iene
  • 0,035
  • 0,035
  • Franco
  • 3,888
  • 3,888
  • Libra
  • 5,089
  • 5,091
  • Ouro
  • 162,210
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

Caixa só volta a liberar crédito imobiliário com recursos do FGTS em 2018

Linha pró-cotista FGTS é a que tem menores juros do mercado, depois do Minha Casa, Minha Vida; empréstimos estão suspensos porque orçamento de 2017 se esgotou.

A Caixa Econômica Federal informou nesta sexta-feira (7) que a linha pró-cotista, que está suspensa, será retomada apenas em 2018. Essa linha financia a compra da casa própria com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e tem juros mais baixos do que outras modalidades de crédito imobiliário.
"A Caixa Econômica Federal informa que continua atuando em todas linhas de crédito habitacional, exceto pró-cotista. As novas contratações da linha pró-cotista estão previstas para serem retomadas no próximo semestre", disse o banco em nota.
Os financiamentos imobiliários da linha pró-cotista FGTS foram suspensos em maio e novamente em junho. O motivo é falta de recursos.
A suspensão ocorre porque, segundo a Caixa, já foi utilizado todo o recurso disponibilizado para financiamentos da linha pró-cotista de 2017. O orçamento previsto para essa modalidade era de R$ 6,1 bilhões. "Os recursos disponibilizados para a referida linha já foram utilizados. No primeiros 6 meses desse ano, foram emprestados mais que todo ano de 2015", diz a Caixa.
Ainda assim, o valor disponibilizado para a linha pró-cotista deste ano é maior do que o liberado no ano passado, de R$ 5,5 bilhões.
O pró-cotista FGTS é dirigido para a compra de imóveis novos ou usados de até R$ 950 mil nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e R$ 800 mil nos demais estados. É a linha mais barata de crédito habitacional, com exceção do Minha Casa, Minha Vida.
Contas inativas
A Caixa negou que a liberação do saque das contas inativas do FGTS não prejudica a capacidade de financiamento imobiliário com recursos do fundo. "A liberação das contas inativas foi analisada e estudada pela equipe técnica do governo federal", diz o banco em nota.
"O saque por parte do trabalhador faz parte do modelo conceitual do FGTS e não fragiliza a capacidade de investimentos, autorizados pelo Conselho Curador do FGTS, nas áreas de Saneamento, Infraestrutura e Habitação", garantiu a Caixa.

fonte: g1.globo

Site desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)
AFS Escritório Contábil Ltda
Rua Miguel Couto, 35 - Grupos 503 - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20070 030
Fone: 21 2233 0354 | 21 2516 0792