Área Restrita

Últimas Notícias

Obrigações do Dia

  • 18/Janeiro/2018 – 6ª Feira.
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte.
  • Cofins/CSL/PIS-Pasep | Retenção na Fonte.
  • COFINS/PIS-Pasep | Entidades financeiras.
  • INSS | Previdência Social.
  • EFD - Contribuintes do IPI | Pernambuco e Distrito Federal.

Indicadores Econômicos

Moedas - 15/01/2019 17:41:48
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,725
  • 3,725
  • Paralelo
  • 3,690
  • 3,880
  • Turismo
  • 3,570
  • 3,870
  • Euro
  • 4,242
  • 4,245
  • Iene
  • 0,034
  • 0,034
  • Franco
  • 3,769
  • 3,769
  • Libra
  • 4,740
  • 4,742
  • Ouro
  • 151,870
  •  
Mensal - 06/12/2018
  • Índices
  • Set
  • Out
  • Inpc/Ibge
  • 0,21
  • 0,40
  • Ipc/Fipe
  • 0,39
  • 0,48
  • Ipc/Fgv
  • 0,34
  • 0,48
  • Igp-m/Fgv
  • 1,52
  • 0,89
  • Igp-di/Fgv
  • -
  • 0,26
  • Selic
  • 0,47
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,55
  • 0,55
  • TR
  • -
  • -

Balança comercial tem superávit de US$ 1,83 bilhão no acumulado de janeiro

Desde o início do ano até o dia 21, exportações somaram US$ 10,84 bilhões e, importações, US$ 9 bilhões. Valor das exportações é 14,3% maior que no mesmo período de 2017.

A balança comercial registrou superávit (exportações maiores que importações) de US$ 1,83 bilhão na parcial de janeiro, até este domingo (21), informou o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) nesta segunda-feira (22).
Segundo o governo, as exportações somaram US$ 10,84 bilhões (crescimento de 14,3% na comparação com o mesmo período do ano passado) e, as importações, US$ 9 bilhões (alta de 16%).
No caso das exportações, aumentaram as vendas das três categorias de produtos: básicos (+15,3%), semimanufaturados (+4,4%) e manufaturados (+17,8%).
Do lado das importações, cresceram as compras de químicos orgânicos e inorgânicos (+56,8%), combustíveis e lubrificantes (+43,9%), veículos automóveis e partes (+42,0%), plásticos e obras (+29,1%), equipamentos elétricos e eletrônicos (+19,8%).
Em todo ano passado, a balança comercial registrou um saldo positivo de US$ 67 bilhões, o melhor resultado para um ano fechado desde o início da série histórica do ministério, em 1989.

Estimativas para 2018
A expectativa do mercado financeiro para este ano é de piora do saldo comercial na comparação com 2017, segundo pesquisa realizada pelo Banco Central com mais de 100 instituições financeiras na semana passada.
A previsão dos analistas dos bancos é de um superávit de US$ 53 bilhões nas transações comerciais do país com o exterior para 2018. Para o Ministério da Indústria, o saldo positivo ficará em cerca de US$ 50 bilhões neste ano.
O Banco Central, por sua vez, prevê um superávit da balança comercial de US$ 59 bilhões para este ano, com exportações em US$ 225 bilhões e importações no valor de US$ 166 bilhões.

fonte: g1.globo

Site desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)
AFS Escritório Contábil Ltda
Rua Miguel Couto, 35 - Grupos 503 - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20070 030
Fone: 21 2233 0354 | 21 2516 0792