Área Restrita

Últimas Notícias

Obrigações do Dia

  • 25/Março/2019
  • DCTF Mensal | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • DCTF - Inativa | Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais
  • IRRF | Imposto de Renda Retido na Fonte
  • COFINS
  • PIS/Pasep
  • IPI | Imposto sobre Produtos Industrializados

Indicadores Econômicos

Moedas - 22/03/2019 13:21:04
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 3,888
  • 3,889
  • Paralelo
  • 3,820
  • 4,030
  • Turismo
  • 3,730
  • 4,040
  • Euro
  • 4,391
  • 4,393
  • Iene
  • 0,035
  • 0,035
  • Franco
  • 3,915
  • 3,914
  • Libra
  • 5,136
  • 5,137
  • Ouro
  • 159,000
  •  
Mensal - 14/02/2019
  • Índices
  • Dez
  • Jan
  • Inpc/Ibge
  • 0,14
  • 0,36
  • Ipc/Fipe
  • 0,09
  • 0,58
  • Ipc/Fgv
  • 0,21
  • 0,57
  • Igp-m/Fgv
  • -0,49
  • 0,01
  • Igp-di/Fgv
  • -0,45
  • 0,07
  • Selic
  • 0,49
  • 0,54
  • Poupança
  • 0,50
  • 0,50
  • TJLP
  • 0,56
  • -
  • TR
  • -
  • -

Trabalhadores que nasceram em dezembro podem sacar o abano salarial do PIS

Já está sendo pago o sexto lote do abono salarial 2018/2019. Neste mês recebem o benefício os trabalhadores que nasceram no mês de dezembro. No caso dos servidores públicos, que recebem o Pasep, não haverá mais saques neste ano.

Segundo dados do Ministério do Trabalho, serão pagos mais de R$ 1,3 bilhão para 1,7 milhão de trabalhadores em todo o país. Os correntistas que recebem o PIS pela Caixa Econômica tiveram os valores depositados no último dia 11 de dezembro.

O calendário referente ao ano de 2017 começou a ser pago em julho para os nascidos naquele mês. Quem nasceu entre janeiro e junho vai receber em 2019. Os recursos de todos beneficiários ficam disponíveis nas contas até 28 de junho de 2019.

Para quem recebe o Pasep, a próxima data de pagamento será no dia 17 de janeiro de 2019, quando serão pagos os benefícios para os servidores cuja inscrição termina com o dígito 5.

Também ainda está sendo pago o PIS/Pasep do ano de 2016.

Quem tem direito

Tem direito ao abono salarial quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos em 2017 e trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias naquele ano. Além disso, o a remuneração mensal não pode passar de dois salários mínimos e os dados do empregado precisam ter sido informados corretamente pelo empregador.

O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado. Quem trabalhou o ano inteiro recebe um salário mínimo R$ 954 e quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de 1/12 do salário mínimo.

Como consultar

Os funcionários de empresas privadas são vinculados ao PIS e sacam o dinheiro na Caixa Econômica. É possível consultar o saldo pela internet, informando o número do PIS e uma senha, que pode ser cadastrada no momento da consulta.

Os funcionários públicos, por outro lado, são vinculados ao pasep e recebem pelo Banco do Brasil. O saldo pode ser consultado em um aplicativo disponível para smartphones.

Como sacar

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Fonte: g1.globo | 26/12/2018

Site desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)
AFS Escritório Contábil Ltda
Rua Miguel Couto, 35 - Grupos 503 - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20070 030
Fone: 21 2233 0354 | 21 2516 0792